Dálmata: Características, Personalidade, Cuidados e História da Raça

O Dálmata é um cão muito popular, conhecido no mundo todo, principalmente depois do filme clássico da Disney: 101 Dálmatas. 

Ele é um cão com um aspecto que combina força e harmonia, seu corpo é retangular e musculoso. 

Sendo principalmente conhecido por ser adornado com manchas que são características da raça. Você é apaixonado por Dálmatas? Então conheça mais sobre a raça abaixo.

História da raça

Como o nome sugere, o Dálmata tem suas origens na região histórica da Dalmácia, na Croácia. 

As primeiras referências a esta raça datam do século XVIII, sendo que o cão foi batizado assim pelo naturalista britânico Thomas Pennant em sua obra Synopsis des Quadrupèdes  em 1771.

cachorro dalmata

O Dálmata guarda, de fato, uma certa afinidade com os cavalos de hipismo com os quais trabalha há muito. 

O primeiro padrão oficial foi desenvolvido em 1890 com a criação do Clube Dálmata na Inglaterra, então publicado pela FCI em abril de 1955.

Características físicas do Dálmata

Os dálmatas são cães atléticos, de aparência esguia e sólida. De tamanho médio, este cão apresenta uma figura elegante, realçada por uma cauda ligeiramente curvada para cima e patas retas.

A cabeça é plana e sem rugas, estendida por um focinho longo sem ser pontiaguda. Os olhos, combinados com a cor das manchas, exalam inteligência e análise. 

O crânio é emoldurado por orelhas caídas, inseridas altas, e as orelhas são mais mosqueadas do que o resto do corpo.

  • Peso: este cão pesa aproximadamente 26 kg.
  • Dimensões: mede aproximadamente 58 cm.
  • Pelo: a pelagem do dálmata é curta e justa. Deve ser duro e ligeiramente brilhante.
Dálmata

Comportamento e personalidade da raça

O Dálmata é um cão sério, mas brincalhão e animado, carinhoso, ele é leal à família e adora crianças, mas sua energia ilimitada é inadequada para crianças pequenas.

O Dálmata precisa muito da companhia humana e não suporta a solidão, por isso, se ele for frequentemente confinado ou deixado sozinho, ele se tornará hiperativo e se envolverá em um comportamento destrutivo.

Alguns dálmatas cumprimentam estranhos com entusiasmo, enquanto outros são educadamente reservados com eles. 

Ele se dá bem com outros animais da família, mas gosta particularmente de cavalos, graças às suas origens como companheiro de carruagem.

O Dálmata é teimoso e independente quando se trata de treinamento, ele é tão inteligente que sua educação pode ser comprometida, ele pode tentar manipular seu dono agindo para não obedecer. 

Dálmata

Ele será dócil apenas com um mestre paciente e confiante, que o tratará com respeito. É importante que seu mestre estabeleça uma relação de confiança com ele desde muito jovem. O Dálmata, portanto, não é recomendado para mestres novatos.

Atlético e dotado de grande resistência, o dálmata precisa de muito exercício, ele vai adorar praticar uma atividade estimulante com seu dono: aulas de agilidade ou obediência, canicross, passeios de bicicleta, etc.

Cuidados e higiene

Com sua pelagem curta, o dálmata não é um cão particularmente difícil de manter, mas os cuidados devem ser regulares para preservar a limpeza e a boa saúde da pelagem e da pele. 

A raça é uma das menos protegido quando comparada a outros cães com pelo médio ou longo.

O pelo do dálmata deve ser  escovado regularmente  para eliminar qualquer impureza que se acumule durante os passeios.

Dálmata

Problemas de saúde comuns em dálmatas

O Dálmata é particularmente propenso à surdez, sendo que em média, 15% dos cachorros dálmatas nascem surdos unilaterais ou surdos bilaterais. 

Os outros problemas de saúde mais comuns em dálmatas são:

  • Pedras urinárias
  • Problemas de pele 
  • Displasia do quadril
  • Displasia do cotovelo 

Educação

Por ter uma  personalidade forte  e  às vezes ser teimoso, o dálmata exige uma educação sólida por parte do seu dono. Sendo mais voltado para pessoas experientes.

Alimentação

O dálmata precisa de uma  dieta balanceada  para manter sua saúde no seu melhor, ele pode ficar satisfeito com  petiscos de alta qualidade, que irão atender todas as suas necessidades. 

Também é possível dar-lhe  comida humana, desde que saiba  racioná-la, como: carne crua, vegetais frescos, arroz e massas são todas as opções.

Dálmata

O Dálmata é indicado para quem?

Já o avisamos: o Dálmata é um cão enérgico e esportivo, como resultado, ele pode ficar entediado com um dono cujo estilo de vida é muito caseiro. Isso porque este cão precisa de espaço e devem ser retirado várias vezes ao dia.

Para evitar que ele desenvolva um comportamento destrutivo, é preferível que ele more em uma casa com jardim, lembrando-se de tirá-lo regularmente.

Do lado da educação, o dálmata pode aprender muitos truques. Você não precisa necessariamente ser um adestrador de cães para treiná-lo. 

Por outro lado, lembre-se de não educa-lo bastante durante sua juventude, você pode se arrepender quando ele atingir a idade adulta.

Tirando isso, este é um cão que se encaixa perfeitamente em uma família, contanto que você tenha tempo e atenção suficientes para dar a ele, ele ficará feliz e retribuirá cem vezes mais.

Dálmata Preço

preço de um filhote de Dálmata pode variar de R$ 1.000,00 a R$ 2.500,00 dependendo do sexo do animal, linhagem e cor.